Automação Corporativa

1 .O que é
A automação corporativa é o controle automatizado de recursos para facilitar o manuseio no dia a dia, melhorar o conforto, produtividade e segurança no ambiente de trabalho.
Através de sistemas inteligentes é possível controlar equipamentos de áudio e vídeo e iluminação, abrir e fechar portas, janelas e cortinas, acionar alarmes e sistemas de irrigação, detectar a presença de pessoas em uma sala e possíveis falhas, evitando assim desperdícios de recursos como energia.
A automação permite a integração dos sistemas da empresa, tornando-os mais práticos e o uso dos recursos mais inteligentes.

 

2 . Benefícios

  • Praticidade
    Possibilita a realização de tarefas de maneira mais simples. Diminui o quadro de funcionários, eliminando a necessidade de ter um colaborador somente para preparar salas de reunião e auditórios, como exemplo.
  • Eficiência / Produtividade
    Perfeito para realizar tarefas de maneira inteligente e rápida e até automaticamente. Pode-se controlar a quantidade ideal de iluminação para que sua equipe sinta-se confortável e tenha a melhor produtividade possível, com menor custo para sua empresa.
  • Economia
    Redução no consumo de energia, interação entre iluminação, climatização e persianas, visando reduzir custos e manter a quantidade de luz necessária no ambiente.
  • Sustentabilidade
    Redução de gastos com recursos, como luz e água, que possibilita ganhar pontos no Green Council Brasil, certificação de edifícios verdes.

 

 

3 . O que pode ser integrado

  • Áudio e Vídeo:
    
A automatização possibilita a integração entre receiver, processador de áudio, Blu-ray, DVD, tabletop, mesas de som, computador, Apple TV, TVs, projetores, telas elétricas, sistemas de som ambiente, entre outros equipamentos de áudio e vídeo.
  • Climatização:
    Controle do sistema de climatização e a interação com outros sistemas como iluminação e cortinas, com intuito de deixar o ambiente mais agradável com o máximo de eficiência energética.
  • Iluminação:
    
Podem ser automatizados todos os tipos de lâmpadas, como holofotes, lâmpadas de grande potência ou sistemas de LED, que mudam de cor conforme a automação determina.
  • Segurança:
    A integração do sistema de câmeras proporciona mais segurança às empresas, possibilitando o acesso remoto das imagens em tempo real, o controle das mesmas e o acionamento e desligamento do alarme em qualquer lugar e a qualquer hora.
  • Motores e Bombas:
    A automação de motores elétricos e bombas possibilita o total controle desses além da integração deles através de um único sistema.
  • Gerenciamento de fluídos:
    Possibilita o monitoramento do consumo de recursos, como água, energia elétrica e gás, detectando assim possíveis vazamentos caso o consumo exceda o perfil normal utilizado. Esse sistema também economiza horas de trabalho, eliminando a necessidade de um colaborador ir nos medidores para coletar as informações.

 

4 . Interface
Uso de sensores de presença, keypads, tablets, smartphones, controles móveis e controles de mesa para controlar todos os sistemas de uma empresa, como luzes, som, abertura e fechamento de portas, portões e cortinas, acionamento do ar-condicionado de forma prática e segura.

  • Painéis de mesa
:
    Facilitam o uso no dia a dia, proporcionando que todos os comandos fiquem disponíveis sempre. Ficam fixos na sala de reunião ou auditório, eliminando mau contato e possíveis perdas do controle remoto ou tablet.
  • Tablets / Smartphones (docas)
    Através do uso de tablets ou smartphones é possível controlar todos os sistemas da empresa através da tela em qualquer parte do mundo, de forma prática e com ótimo custo benefício. O equipamento também pode ser fixado na doca, o que evita a perda do tablet ou smartphone além de manter a bateria sempre carregada.
  • Keypads / Pulsadores
    Os keypads e pulsadores substituem os interruptores da empresa e possibilitam controlar além das luzes, outros sistemas como de áudio, vídeo, ar-condicionado e etc.. Assim, o comando local facilita a utilização de vários sistemas até mesmo por pessoas que não entendam muito de tecnologia.
  • Sensores
    Existem diversos tipos de sensores, como de presença, temperatura, de portas e janelas e etc. Podem ser usados para que o sistema interaja com o meio e realize tarefas baseadas em acontecimentos, como acendimento automático de luzes ou aviso sobre luzes acesas após o expediente.

 

 

5 . Funcionalidades

  • Acesso remoto:
    Através do acesso remoto é possível consultar e controlar um escritório à distância, de qualquer lugar que tenha internet. Como no sistema integrado, onde é possível ligar as luzes, abrir um portão e verificar através das câmeras de segurança se as ações estão realmente acontecendo.
  • Agendamento de tarefas
    Através dos sistemas automatizados é possível agendar ações para determinados momentos, como desligar as luzes às 19 horas, evitando assim que colaboradores as esqueçam acesas.
  • Tarefas autônomas
    Através das tarefas autônomas, o sistema passa a controlar as ações a serem realizadas, baseando-se em acontecimentos externos que são captados por sensores. Como alarmes que são acionados após às 19 horas, acendimento de luzes ao escurecer e irrigação do jardim pela umidade da terra.
  • Cenas / dimerização
    As cenas de iluminação para usos específicos levam em consideração tanto a luz artificial quanto a natural, como fechamento das cortinas de um auditório, iluminação do palco, iluminação das saídas de emergência ou diminuição da iluminação na plateia. Com a dimerização é possível controlar a intensidade de luz em cada conjunto de lâmpadas, conseguindo uma infinidade de possibilidades de iluminação.
  • Um toque
    Através de um conjunto de instruções é possível realizar várias tarefas com apenas um toque, onde é possível ligar o sistema de áudio, vídeo, fechar as cortinas e apagar as luzes da sala de reunião, clicando em apenas um botão. Como o Master off, sistema que desliga todos os equipamentos e luzes do edifício e aciona o alarme, tudo em apenas um único toque.